“Museu de Arte Sacra Visto de Perto”: maior coleção de arte sacra e barroca do Brasil

“Museu de Arte Sacra Visto de Perto”: 50 anos da maior coleção de arte sacra e barroca do Brasil. O Museu de Arte Sacra de São Paulo comemora em 2020 seus 50 anos de existência, presenteando os amantes da história e arte sacra com exposição imersiva em parceria com o Google Arts & Culture. O museu oferece também exposição on-line de suas obras e você pode clicar no link http://museuartesacra.org.br/categoria/exposicoes/virtuais/ para acessar as obras em detalhes, além dos textos curatoriais.
Você poderá visitar mais de duzentas peças entre esculturas de materiais como madeira e metal, pratarias, telas e mobiliário. No acervo do Museu de Arte Sacra existem muitas obras de autores desconhecidos e também artistas reconhecidos como Antonio Francisco Lisboa, o “Aleijadinho”, Frei Agostinho da Piedade, Benedito Calixto de Jesus, Almeida Junior, Valentim da Fonseca, o “Mestre Valentim” e Frei Agostinho de Jesus.
O Museu de Arte Sacra de São Paulo ocupa a ala esquerda térrea do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, o Mosteiro da Luz, de monjas Concepcionistas. O acervo do museu foi iniciado por Dom Duarte Leopoldo e Silva, primeiro arcebispo de São Paulo, que recolhia imagens sacras de capelas e igrejas que eram demolidas, sendo ampliado com o passar do tempo.

Aqui seguem algumas informações a respeito das fotos.
O Divino Espírito Santo, talhado em estilo do inicial barroco brasileiro, data do século XVII e pertenceu à antiga matriz de Araçariguama
O ostensório foi feito para o IV Congresso Eucarístico Nacional que aconteceu em São Paulo no ano de 1942. A peça foi projetada na Itália por Cleto Luzzi e executada no Brasil.
O Largo da Sé, obra realizada em 1865 por Benedito Calixto, retrata à direita a antiga catedral de São paulo, em estilo neogótico.
O turíbulo mostrado data do século XIX e foi criado em Portugal por Antônio Canavezes e Caetano Rodrigues.
São Miguel Arcanjo, na foto em close do rosto, data do século XVIII e pertencia à antiga Igreja da Sé de São Paulo. O autor é desconhecido.
O retrato a óleo do Cardeal Arcoverde foi feito por José Ferraz de Almeida Junior, em 1987. O cardeal pernambucano foi o primeiro cardeal da América Latina a nomeado pelo papa Pio X.

O Museu de Arte Sacra de São Paulo possui também uma rica coleção de presépios onde se destaca o Presépio Napolitano, com 1600 peças, e que pode ser conhecido em detalhes em http://www.blogdate.com.br/e-nato-jesu-detalhes-de…/

Detalhe: Parte do inestimável acervo, nacional e mundial, é tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 1969.

Onde: Avenida Tiradentes 676, Luz, São Paulo
Estacionamento: gratuito e parcialmente coberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *