Museu da Casa Brasileira guarda obra de Victor Brecheret

O Museu da Casa Brasileira é um museu elegante, bem cuidado e com espaço para aproveitar horas de relaxamento junto à natureza “incrustrada” entre movimentadas avenidas e muito concreto. O museu foi instalado na mansão construída nos anos 40 para servir de residência ao prefeito de São Paulo de 1934-1938, Fábio da Silva Prado e sua esposa, Renata Crespi da Silva Prado. Com o falecimento e por seu desejo, a casa foi doada por Renata ao poder público. É o único museu do país especializado em design e arquitetura, possui uma coleção permanente com mobiliário a partir do século XVII e realiza eventos e exposições itinerantes.

Depois de entrar no ambiente do museu a sensação é de voltar no tempo e de se imaginar que lá, na década de quarenta não havia museu, mas a residência de um casal da elite paulistana da época!

Após a visitação ao museu no piso térreo, no final da longa escadaria em espiral cercada por paredes azul “bic” estão objetos da coleção particular Crespi-Prado. Meu detalhe de hoje fica por conta do busto de Renata Crespi (1897-1984). Encostado em uma parede e perdido entre mobiliário, baixelas e quadros, o busto esculpido em mármore branco foi feito por ninguém menos que Victor Brecheret, sim, aquele que fez o Monumento às Bandeiras do Parque do Ibirapuera. É bonito, até mesmo majestoso. No museu quase todos os objetos estão acompanhados de vasta explicação escrita. Pois bem, Renata Crespi, a proprietária original da antiga mansão, não está identificada e o nome do autor da obra, talhado no mármore V BRECHERET, tem que ser buscado junto à parede. É uma obra de arte singular e com certeza deveria estar permanentemente em destaque.

Visitem o museu, porém não deixem de conhecer mais uma obra de Brecheret, pouco divulgada e pela qual o público passa em total em desconhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *