Instituto Cervantes de São Paulo

Uma das maravilhas desta cidade é que há espaço para tudo e todos. Em termos culturais a representatividade dos povos também se faz presente sob várias formas e isto inclui os cursos de línguas estrangeiras.

Escolas de idiomas estão difundidas exaustivamente pela cidade, porém quando se fala de língua espanhola, a referência internacional é o Instituto Cervantes.

O Instituto Cervantes é considerado a maior instituição mundial dedicada ao ensino do idioma espanhol. Foi criando na Espanha em 1991 para promover, ensinar e difundir o idioma e a cultura espanhóis e dos países de língua hispânica, e tem suas duas sedes centrais na cidade de Madrid, sendo que uma está localizada em Alcalá de Henares, local de nascimento do escritor Miguel de Cervantes.

O Instituto Cervantes de São Paulo iniciou suas atividades na cidade em 1998, acompanhando a necessidade de um dos países onde, segundo o próprio Instituto, o estudo e uso do idioma espanhol vem apresentando um dos maiores crescimentos.

As perspectivas desse crescimento foram embasadas principalmente no tratado de Assunção, firmado em março de 1991 criando o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL), e na promulgação da Lei Federal n 11.161 de 5 de agosto de 2005, chamada “Lei do Espanhol”. A Lei, sancionada pelo então Presidente da República Luíz Inácio Lula da Silva e assinada pelo então Ministro de Educação Fernando Haddad, tornou facultativa a oferta desse idioma em escolas do Ensino Fundamental e obrigatória no Ensino Médio, dando a possibilidade de uma segunda língua estrangeira optativa. O ensino do idioma espanhol também deverá ser realizado pelas redes públicas de ensino no horário regular de aula dos alunos.

Embora relatado em reportagens que brechas no texto da Lei como a freqüência facultativa a essas aulas possa ter lentificado a sua implementação, o interesse pela língua espanhola tem crescido.

Voltando aos amplos objetivos e funções de atuação do Instituto Cervantes, temos:
  • Organizar cursos de língua espanhola presenciais ou virtuais,
  • Organizar cursos de português para estrangeiros,
  • Organizar os exames e emitir Diploma de Espanhol como Língua estrangeira (DELE),
  • Atualizar os métodos de ensino e a formação de professores,
  • Apoiar o trabalho dos Hispanistas,
  • Difundir a língua espanhola,
  • Colaborar com instituições, sociedades e países Hispano-americanos na difusão de sua cultura,
  • Dispor de bibliotecas abertas ao público,
  • Estimular atividades culturais,
  • Organizar anualmente simpósios internacionais obre didática e metodologia do espanhol.
  • Detalhe que os Diplomas de espanhol DELE, outorgados pelo Instituto Cervantes em nome do Ministério da Educação, Cultura e Esporte da Espanha, são os únicos títulos oficiais de caráter internacional que certificam o grau de competência e domínio do idioma espanhol.

    O espaço em São Paulo

    O Instituto Cervantes está localizado na Avenida Paulista, 2439 e conta com espaço expositivo/cultural, boa biblioteca e auditório.

    Além de acesso por várias linhas de ônibus o edifício onde está instalado situa-se ao lado da estação Consolação do Metrô.

    A atividade cultural que visitei e que permanecerá até o dia 31 de março de 2015 foi a exposição de fotografias chamada Olhares Urbanos – Miradas Urbanas – São Paulo – Buenos Aires, de Bruno Giovannetti (nas fotos). A entrada é grátis.

    Na Biblioteca ocorrem os Círculos de Leitura (Circulos de Lectura), com leitura supervisionada de textos em voz alta, comentários sobre obra e autor e busca de novas palavras.

    Ainda na Biblioteca há o interessante Clube Cervantino do Livro (Club Cervantino del Libro). Diz o site do Instituto que é um ideal quixotesco reunir gente para ler e conversar sobre o que foi lido.Nele, a Biblioteca propõe um livro para leitura a cada início de mês, com encontro para debate ao final do período, sendo dirigido a pessoas interessadas em literatura em espanhol ou que apreciem ler e conversar sobre literatura.
    Neste mês o livro selecionado foi Rimas y Leyendas, de Gustavo Adolfo Bécquer, disponível para compra no local.

    O Instituto Cervantes hoje é a instituição de referência na cidade e no Estado de São Paulo para o ensino do espanhol e a promoção das culturas nas línguas hispânicas.

    É um espaço não muito grande, mas muito interessante e agradável, que vale a pena ser visitado e principalmente utilizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *